Por Luana Arruda

Novela exibida no Brasil em 1999 pelo SBT, fez um sucesso imediato e ainda causa picos de audiência na telinha brasileira.

A usurpadora, é uma novela mexicana e no ano de 1999 já tinha exibição em mais de 120 países além de ter sido traduzida em mais de 25 idiomas. Posso dizer que é incrível a grande repercussão que, digo “esta belíssima novela conquistou” angariando milhares de fãs.

A usurpadora conhecida no México como La Usurpadora é ate hoje umas das novelas mais desejadas e tem reprises constantes nas telinhas. Exibida no Brasil pelo SBT cinco vezes com grande audiência, teve por enquanto a sua ultima exibição em 2013. A usurpadora é mesmo uma novela única e depois do seu fim tem uma continuação brilhante chamada Más Allá de La Usurpadora exibida em três capítulos magníficos onde a vontade que dá é que existam mais capítulos além deste três.

Destacando os dois principais atores de A Usurpadora temos a lindíssima  atriz Gabriela Spanic que interpreta as irmãs gêmeas Paola e Paulina e o galanteador Fernando Colunga no papel de Carlos Daniel.  Gabriela Spanic interpreta perfeitamente as duas irmãs gêmeas, que são idênticas na aparência e distintas em sentimento onde o dilema da boazinha X má é colocado em evidência, e Fernando Colunga interpreta Carlos Daniel o eterno apaixonado por Paola que na verdade esta sendo substituída por Paulina, responsável por conquistar verdadeiramente o seu coração. Carlos Daniel é o sonho de todas as mulheres, que morrem de inveja da Paulina! Mas é machista e ao mesmo tempo frágil e impotente.

Essa novela tem um pozinho mágico que inebria e a faz ficar na boca do povo mesmo depois de tantos anos, o interesse e deslumbramento dos telespectadores deixa claro que A Usurpadora  terá fãs eternos.

2 respostas a “Resenha – A Usurpadora”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *